Menu


Disponível no Google Play

Ataque do Sport caiu de rendimento na “hora H”

18 MAI 2016
18 de Maio de 2016

Para vencer as partidas no futebol, a fórmula é simples. Vence o time que fizer mais gols. No início desta temporada, o grande problema do Sport está sendo o ataque. Nas últimas dez partidas, o Leão marcou apenas quatro gols e somente um foi marcado por um atacante: Vinícius Araújo, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Pernambucano, na Ilha do Retiro. Os outros três foram convertidos pelo meia Diego Souza, na partida de volta da Copa do Brasil diante da Aparecidense, Durval em cima do Campinense na Ilha do Retiro e Grafite (contra) no Clássico das Multidões disputado no Arruda durante a primeira fase do Estadual.

Outro detalhe importante é que o ataque rubro-negro caiu de rendimento na reta final das principais competições que estava disputando no início da temporada: o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste. Das 22 partidas disputando ambas as competições, foram 24 gols marcados nos onze primeiros jogos e oito na segunda metade.

Sob o comando do recém-chegado técnico Oswaldo de Oliveira, o Sport disputou três partidas e os atacantes ainda não balançaram as redes. Ciente de que é preciso contratar jogadores para o setor, o treinador credita o baixo desempenho ofensivo a grande perda de atletas que o Leão sofreu na virada de ano.

“É preciso reforçar o ataque. Me acostumei a observar o Sport no ano passado com um forte poder ofensivo e que assustava os adversários. O time tinha o André, Brocador, Élber, Maikon Leite e Marlone. E rapidamente todos eles deixaram a equipe. Isso é uma boa parte do time. É como se tivesse perdido uma parte do corpo”, afirmou o treinador rubro-negro.

Oswaldo deixou claro que os trabalhos estão sendo realizados para espantar a má fase. Ele frisou que o objetivo é colocar o Leão no rumo que terminou a Série A de 2015. “Precisamos de reposição, de reconstrução e de entrosamento. Estamos tentando fazer isso com os jogadores que estão aqui, mas é lógico que a procurar por reforços para o Campeonato Brasileiro já começou. O Sport tem que se tornar forte de novo”, completou o técnico.

REFORÇOS – O Sport ainda vai contratar mais dois atacantes, no mínimo, para o Brasileirão. É o que afirma o diretor de futebol Aluísio Maluf. O dirigente ainda declarou que o Leão vai buscar jogadores brasileiros que estão no mercado exterior e querendo voltar para o país.

A justificativa é de que os atletas que estão à disposição no mercado brasileiro apresentam um patamar salarial muito elevado. “Emergencialmente precisamos contratar dois atacantes, no mínimo. Só que temos um problema. Esbarramos na condição financeira. Os jogadores que estão aqui no país estão com valores muito inflacionados. Vamos buscar atletas brasileiros que estão fora do do Brasil. Para ontem”, disse Maluf.

FONTE:

Voltar

Rádio Pernambuco

A Melhor Rádio do Brasil


Tenha você também a sua rádio